02 Ago

A Genealogia de Yeshua

Qualifique este item
(4 votos)
Uma Solução para a Aparente Contradição

 

Matitiyahu / Mateus 1:16. Neste versículo, o Brit Hadasha Netzari diz o seguinte:

e a Ya'akov nasceu Yosef, pai de Miriyam, da qual nasceu Yeshua, que é chamado o Mashiach.”

 

percebe a diferença. A palavra que normalmente é traduzida como ‘ marido’ está traduzida como ‘ pai’ . Mas, por que?

O objetivo deste artigo é justamente esclarecer esta questão, que a meu ver é uma questão crucial, pois não está em jogo apenas um versículo, mas toda a credibilidade da genealogia de Yeshua.

O artigo consiste de duas partes: Primeiramente, pretendo demonstrar que se admitirmos que o BHN está correto, é o fim de toda e qualquer contradição que os chamados “ anti-missionários” poderiam tentar apontar na genealogia de Yeshua. Se o BHN está correto, então não há como negar que Yeshua é filho de David, nem há como apontar erros nos relatos dos evangelhos.

 

2 – A ‘ Tragédia Grega’

A fonte da tradução popular é o grego, que inegavelmente traz o termo ‘ marido’ . Contudo, é praticamente unânime entre os estudiosos que Matitiyahu / Mateus não foi escrito em grego, mas sim em uma língua semita: hebraico ou aramaico. Como o aramaico é um dialeto do hebraico, e muitas vezes era confundido com o mesmo, não há como determinar o original. De qualquer forma, os manuscritos semitas mais antigos que temos são o Sírio Antigo e a Peshitta. Não pretendo me estender muito neste assunto em particular.

A tradução grega, ao listar Mt. 1:16 como ‘ marido’ , praticamente fechou questão com relação a este assunto. Contudo, as coisas não são assim tão simples, pois a palavra traduzida normalmente como ‘ marido’ também pode ser traduzida como ‘ homem’ e ‘ pai’ . Todas as três traduções estão presentes ao longo do texto do Brit Hadasha (“ Novo” Testamento). Porém, o que pretendo demonstrar é que a palavra ‘ pai’ é a que mais faz sentido neste caso.

 

3 – A Genealogia de Yeshua

A genealogia de Yeshua é encontrada tanto em Matitiyahu (Mateus) quanto em Lucas. Abaixo, listaremos em dois quadros as duas genealogias, para nos ajudar a compreender o engodo.

 

I – A Genealogia de acordo com Matitiyahu / Mateus:

Primeira Série Segunda Série Terceira Série

Avraham Shlomo Sh'altiel

Yitz'chak Rechav'am Z'rubavel

Ya'akov Aviyah Av'ichud

Yehudah Asa Elyakim

Peretz Y'hoshafat Azur

Chetzron Y'horam Tzadok

Ram Uziyahu Ammon

Amminadav Yotam El'ichud

Nachson Achaz El'azar

Salmom Chizkiyahu Mattan

Bo'az M'nasheh Ya'akov

Oved Ammon Yosef (considerado aqui como

marido de Miriyam)

Yishai Yoshiyahu Yeshua

David Y'chanyah

II – A Genealogia de acordo com Lucas:

Primeira Série Segunda Série Terceira Série

Avraham Nathan Er

Yitz'chak Mattatah Elmadan

Ya'akov Manah Kosam

Yehudah Mal'ah Adi

Peretz Elyakim Malki

Chetzron Yonam Neri

Ram Yosef Sh'altiel

Amminadav Yehudah Z'rubavel

Nachson Shimon Reisha

Salmom Levi Yochanan

Bo'az Mattat Yodah

Oved Yoram Yosef

Yishai Eli'ezer Shim'i

David Yehoshua Matitiyahu

Machat

Nagai

Hesli

Nachum

Amotz

Matitiyahu

Yosef

Yannai

Malki

Levi

Mattat

Eli

Yosef (marido de Miriyam)

Yeshua

4 - Entendendo os Problemas da Tradução Tradicional

Quando comparamos os quadros das duas traduções, vemos logo de cara quais são os problemas da interpretação original:

Problema 1: Diferenças entre Matitiyahu e Lucas

A primeira coisa que de cara salta aos olhos é a grande disparidade que há entre um relato e outro. As diferenças são demasiadamente grandes para permitir uma conciliação, sendo o único nome coincidente o de Elyakim, e mesmo assim percebemos nitidamente pela posição da tabela que são pessoas diferentes.

Há quem atribua a genealogia de Lucas a Miriyam, porém este é um argumento fraquíssimo pois o texto em Lucas é muito claro quanto à genealogia ser de Yosef.

Problema 2: Linhagem de Shlomo (Salomão) vs. Linhagem de Nathan

Alguns tentam conciliar esta diferença valendo-se da instrução da Torah de que caso um homem venha a falecer, seu irmão deve casar-se com sua viúva a fim de garantir-lhe uma linhagem. Contudo, não temos nada nas Escrituras que indique que isto ocorreu, portanto seria na melhor das hipóteses uma especulação.

E, considerando as diferenças entre os nomes dos descendentes, não seria uma hipótese muito provável.

Problema 3: Falta um nome em Matitiyahu

Outro problema inexplicável é o seguinte: se o Yosef em questão é de fato marido de Miriyam, então temos 14-14-13 gerações em Matitiyahu (Mateus) e não 14-14-14 como o próprio Matitiyahu (Mateus) escreve.

Existem pelo menos duas tentativas de se explicar tal situação: uns dizem que este ou aquele nome contaria duas vezes, o que beira o absurdo. Outra tentativa mais sensata é a de utilizar como fonte os manuscritos hebraicos da idade média, que listam Avner entre Av’ ichud e Elyakim. Isto resolveria esta problema, contudo esbarramos em duas dificuldades:

a) não há como provar que os manuscritos da idade média são cópias do original;

b) esta solução não resolveria os problemas 1, 2 e 4

Problema 4: Semente de David

De acordo com o grego, ambas as genealogias seriam de Yosef. Desta forma, não haveria como garantir que Miriyam é filha de David. Assim, um dos pilares de nossa fé estaria comprometido, pois o Messias viria da semente de David. Existem versículos que deixam claro que Yeshua é descendente biológico de David.

Romanos 1:3 diz “ acerca de seu Filho, que nasceu da semente de David segundo a carne” . Isto deixa claro que Yeshua nasceu descendente de David segundo a carne, e não segundo adoção.

5 – Entendendo o Original

Agora que já estabelecemos quais são os grandes problemas da versão grega da genealogia de Yeshua, vamos ver o que diz o aramaico. A resposta está em Matitiyahu (Mateus) 1:16, onde no aramaico temos “ Ga’ bra” , que é um substantivo enfático que se origina da raiz “ Gabar” , que quer dizer “ ser forte, bravo, varonil, corajoso” . Para quem conhece o hebraico, é equivalente à raiz “ Gabar” .

O termo utilizado em Mt. 1:16 possui forma pronominal possessiva, que poderia ser entendido como “ o Ga’ bra dela” . Logo, temos, “ Yosef, Ga’ bra de Miriyam” .

6 – O Uso de ‘ Ga’ bra’ na Peshitta

Conforme dito na introdução, esta palavra na Peshitta aparece diversas vezes, assumindo as três formas listadas: homem, pai ou marido. Na maioria das vezes, o termo utilizado quer dizer simplesmente ‘ homem’ ?

Mas como então sabemos se a palavra acima pode ser entendida como ‘ pai’ ou ‘ marido’ ? Tudo depende do contexto. Se vemos algo do tipo ‘ Ga’ bra da Galiléia’ , certamente o termo se refere a um homem. Se vemos algo do tipo ‘ Ga’ bra de Ana’ , entenderemos como marido de Ana. Da mesma forma, o uso de ‘ Ga’ bra’ em uma genealogia, referindo-se a um pai seria algo perfeitamente plausível.

Vejamos agora os lugares onde ‘ Ga’ bra’ é utilizado na Peshitta:

I – Exemplos de ‘ Ga’ bra’ significando apenas ‘ homem’

- Mt. 7:24; Mt. 7:26; Mt. 8:9; Mt. 9:9

II – Exemplos do variante contextual significando ‘ marido’ :

- Mt. 19:5; Mt. 19:19; Mc. 10:2; 1 Co. 7:14; 2 Co.11:2; Ef. 5:23;

III – Exemplos do variante contextual significando ‘ pai’ :

- Mt. 7:8; Mt. 21:28; Mt. 22:2; e possivelmente Mt. 1:16;

7 – O Caso de Matitiyahu

Agora voltemos para Matitiyahu 1. Temos ainda mais um indício linguístico de que neste caso ‘ Ga’ bra’ seria melhor traduzido como ‘ pai’ . O motivo está em Matitiyahu (Mateus) 1:19. Repare que neste caso, é utilizado termo ‘ Ba’ la’ , que deriva da raiz ‘ Baal’ (senhor), e que é comumente traduzido como marido.

Pode-se ver exemplos de ‘ Ba’ la’ nos seguintes versículos: - Mt. 1:19; Mc. 10:12; Lc. 2:36; Jo. 4:16-18; Rom. 7:2-3; 1 Co. 7:4, 7:10, 7:13, 7:16, 7:39; Ef. 5:33; 1 Tim. 3:2; Tito 1:6; Do ponto de vista linguístico, não é raro o uso de uma repetição de termos. Portanto, repetir o termo ‘ marido de Miriyam’ no 1:16 e no 1:19 seria algo estranho, SE O TERMO FOSSE O MESMO.

Mas por que as Escrituras utilizariam duas palavras diferentes, num mesmo texto e bem próximas uma da outra, se o significado fosse o mesmo?

Outro ponto a favor de entendermos ‘ Ga’ bra’ como ‘ pai’ é justamente o fato do contexto ser genealógico.

8 – Dois “ Yosefs”

A hipótese de haverem duas pessoas chamadas Yosef não seria fato estranho entre os judeus, visto que Yosef é um nome bastante comum (basta ver a genealogia em Lucas), tendo em vista a importância do personagem bíblico que primeiro recebeu tal nome.

Além disto, o haver dois “ Yosefs” seria uma explicação linguística bastante razoável para Matitiyahu (Mateus) usar dois termos diferentes, algo que dificilmente seria feito algumas linhas abaixo se o segundo Yosef não fosse outro.

9 – Eliminando Contradições

É impressionante como um só versículo pode fazer toda a diferença. Veja como fica agora:

I – A Genealogia de Miriyam:

Primeira Série Segunda Série Terceira Série

Avraham Shlomo Sh'altiel

Yitz'chak Rechav'am Z'rubavel

Ya'akov Aviyah Av'ichud

Yehudah Asa Elyakim

Peretz Y'hoshafat Azur

Chetzron Y'horam Tzadok

Ram Uziyahu Ammon

Amminadav Yotam El'ichud

Nachson Achaz El'azar

Salmom Chizkiyahu Mattan

Bo'az M'nasheh Ya'akov

Oved Ammon Yosef (pai de Miriyam)

Yishai Yoshiyahu Miriyam

David Y'chanyah Yeshua

II – A Genealogia de Yosef:

Primeira Série Segunda Série Terceira Série

Avraham Nathan Er

Yitz'chak Mattatah Elmadan

Ya'akov Manah Kosam

Yehudah Mal'ah Adi

Peretz Elyakim Malki

Chetzron Yonam Neri

Ram Yosef Sh'altiel

Amminadav Yehudah Z'rubavel

Nachson Shimon Reisha

Salmom Levi Yochanan

Bo'az Mattat Yodah

Oved Yoram Yosef

Yishai Eli'ezer Shim'i

David Yehoshua Matitiyahu

Machat

Nagai

Hesli

Nachum

Amotz

Matitiyahu

Yosef

Yannai

Malki

Levi

Mattat

Eli

Yosef (marido de Miriyam)

Yeshua

Com isto, temos o seguinte:

a) Yeshua é descendente de David tanto de fato (Miriyam) quanto de direito (Yosef);

b) Temos realmente 14 gerações listadas na 3ª. Série de Matitiyahu (Mateus);

c) Não há contradições entre Matitiyahu (Mateus), que se refere a Miriyam, e Lucas, que se refere a Yosef;

d) Não é necessário lidar com o problema de Yosef descender de Shlomo (Salomão) e Nathan;

e) Explica-se o porquê de Matitiyahu (Mateus) usar “ duas palavras diferentes para Yosef” .

f) Não precisamos depender de hipóteses para “ resolver” os problemas acima;

10 – Refutando Argumentos Frequentes

Ao conversar com algumas pessoas a cerca desta situação, notei que alguns dos argumentos apresentados eram muito comuns. Lidaremos com alguns deles aqui:

A: Matitiyahu (Mateus) na realidade foi escrito em grego:

R: Muitos dos chamados ‘ pais da igreja’ atestaram para o fato de que Matitiyahu (Mateus) foi escrito em hebraico: Epifânio, Jerônimo, Eusébio, etc. Não pretendo aqui fazer uma extensa lista de citações, pois creio que sejam bastante conhecidas

A: Judeus muitas vezes tinham/têm dois nomes. Lucas e Matitiyahu (Mateus) usaram nomes diferentes para as mesmas pessoas:

R: Isso seria razoável para supormos algumas diferenças, mas não para uma genealogia que se segue completamente diferente desde Nathan

A: Nathan provavelmente morreu e Shlomo (Salomão), cumprindo a Torah, assumiu sua esposa (ou vice-versa):

R: Onde diz isso no Tanach? Na melhor das hipóteses, é uma especulação. Mesmo assim, o problema está na junção dos dois fatos: a diferença nos nomes das gerações e a linhagem de Shlomo vs. Linhagem de Nathan. Os dois argumentos aqui expostos seriam até bem razoáveis, se existissem isoladamente. Mas, quando combinamos estes dois fatos, ficam praticamente insustentáveis.

A: Mulheres não costumam serem contadas em genealogias:

R: Primeiramente, estamos tratando de uma mulher muito especial, em uma situação completamente especial e atípica, pois Yeshua não teve pai biológico humano. Logo, seria bastante razoável a citação de Miriyam para demonstrar que Yeshua descendia biologicamente de David.

Robespierre Cardoso da Cunha

Robespierre Cardoso da Cunha

Shalom.

Grande paz, bondade, bênção, graça, gentileza e compaixão sobre nós. Abençoa-nos, nosso Pai, todos nós como um só, com a luz do Teu rosto, pois com a luz do teu rosto nos deste, Adonai, nosso Elohim, a Torá da vida e amor de bondade, justiça, bênção, compaixão, vida e paz. E isto pode ser bom diante de Teus olhos para abençoar Teu povo a cada momento e a cada hora com a Tua paz. Bendito és Tu, Elohim, que abençoa todo o teu povo com paz.

Website: centrodeestudosprofeticos.com.br/

Últimas de Robespierre Cardoso da Cunha

Items relacionados (pela tag)

voltar ao topo