28 Jun

O Homem Yeshua

Qualifique este item
(8 votos)
Durante muitos Anos a Igreja universal (Católica) procurou mostrar e enfatizar o seu Jesus pagão como um ser divino e glorificado, ocultando o verdadeiro salvador da humanidade que se chama Yeshua que veio como homem.Os padres católicos ocultaram o verdadeiro nome do salvador e fizeram um sincretismo religioso, ou seja, atribuíram ao Jesus pagão os atributos do verdadeiro salvador Yeshua.
Vamos agora analisar 3 versículos que mostram a humanidade genuína de Yeshua:
1Jo 4:2 “Nisto conheceis o Espírito de Elohim: todo espírito que confessa que Yeshua Há’Mashiach veio em carne é de Elohim”;
2Jo 1:7 “Porque já muitos enganadores saíram pelo mundo, os quais não confessam que Yeshua Há’Mashiach veio em carne. Tal é o enganador e o antimessias.”

1Tim. 2:5 “Porque há um só Elohim, e um só Mediador entre Elohim e os homens, Yeshua
Há’Mashiach, homem.”
Não queremos evidentemente negar a divindade de Yeshua, mas simplesmente mostrar que a razão em ocultar a humanidade de Yeshua tem por finalidade ocultar quem foi o Yeshua homem, porque quando estudamos sobre o Yeshua homem, vamos descobrir que este homem é Judeu, praticou os rituais judaicos viveu uma vida Judia, foi circuncidado ao oitavo dia, fez o seu barmitsvah, celebrou as festas bíblicas, freqüentou a sinagoga todos os sábados. Como posso incitar um ódio coletivo (anti-semitismo) contra os Judeus sabendo que o meu salvador e senhor é um Judeu? Não teria êxito, por isso era necessário enfocar somente o lado divino de Yeshua e quando fosse tocar no Yeshua homem que a sua imagem fosse de um ocidental e que seus traços físicos não denunciasse sua origem Judaica. Por isso os filmes mostravam um Jesus loiro de olhos azuis que de maneira errada dizem que este Jesus é Yeshua ( mas que mentira absurda).
Vamos mostrar algo curioso onde vemos que Yeshua usava o talit (manto de oração) também chamado de tsitsit (franja) e a tradução da Bíblia ocultou esse fato utilizando outra palavra para substituir franjas.
Mat 23:5 “Todas as suas obras eles fazem a fim de serem vistos pelos homens; pois alargam os seus filactérios, e aumentam as franjas dos seus mantos”; Yeshua está falando dos escribas e fariseus e a palavra franja, aqui muito bem traduzida para o português vem do grego “Kraspedon” e do hebraico tsitsit, são as franjas do talit que todo Judeu vestia por ordem do Senhor à Moises.
Veja o texto em Números:
Num 15:38 a 40 “Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes que façam para si franjas nas bordas das suas vestes, pelas suas gerações; e que ponham nas franjas das bordas um cordão azul. Tê-lo-eis nas franjas, para que o vejais, e vos lembreis de todos os mandamentos do Senhor, e os observeis; e para que não vos deixeis arrastar à infidelidade pelo vosso coração ou pela vossa vista, como antes o fazíeis; para que vos lembreis de todos os meus mandamentos, e os observeis, e sejais santos para com o vosso Elohim.”
Isso era uma ordenança para todo o povo Judeu e o objetivo é bem claro: lembrar dos mandamentos para os observar e não se deixar enganar pelo coração para serem santos. Yeshua como Judeu e obediente à lei também utilizava o talit veja o que diz Lucas 8:44“chegando-se por detrás, tocou-lhe a orla do manto, e imediatamente cessou a sua hemorragia.” Aqui Lucas está narrando a história da mulher com fluxo de sangue que foi curada ao tocar na orla do manto de Jesus, porém há aqui um problema sério de tradução: a palavra orla no original em grego é a mesma de Mateus 23:5 “Kraspedon” que significa franjas, Yeshua estava usando o seu talit tal como os fariseus e foi nas franjas deste talit que a mulher tocou, a pergunta é: porque os fariseus usavam franjas e Yeshua orla?

Yeshua é o Messias ,Judeu prometido ao povo Judeu e enviado para o povo Judeu. (o plano de redenção é a partir do povo Judeu e extendido ao povo gentio e não o contrario.) Assim diz Rom 1:16:  “Porque não me envergonho das boas novas, pois é o poder de Elohim para salvação de todo aquele que crê; primeiro do Judeu, e também do grego.” Interessante é que todas as vezes que eu ouvi este versículo ser recitado ou mesmo exposto em cartazes sempre para em: “para salvação de todo aquele que crê” nenhuma vez eu ouvi este versículo completo: “Primeiro o judeu e depois o grego”.
Robespierre Cardoso da Cunha

Robespierre Cardoso da Cunha

Shalom.

Grande paz, bondade, bênção, graça, gentileza e compaixão sobre nós. Abençoa-nos, nosso Pai, todos nós como um só, com a luz do Teu rosto, pois com a luz do teu rosto nos deste, Adonai, nosso Elohim, a Torá da vida e amor de bondade, justiça, bênção, compaixão, vida e paz. E isto pode ser bom diante de Teus olhos para abençoar Teu povo a cada momento e a cada hora com a Tua paz. Bendito és Tu, Elohim, que abençoa todo o teu povo com paz.

Website: centrodeestudosprofeticos.com.br/

Últimas de Robespierre Cardoso da Cunha

voltar ao topo